terça-feira, 20 de outubro de 2015

Alugando Carros em Orlando! Novidadess

Mudanças na locação de carros em Orlando!

Quem viaja para Orlando, FL pela primeira vez sempre me pergunta sobre como funciona o aluguel de carro nos Estados Unidos, se é simples para alugar, se é fácil dirigir, se dá para entender as placas, etc...

Bom, esse post vai sanar algumas dúvidas e explicar algumas mudanças que ocorreram nos últimos anos e que facilitou muuuito a vida do turista.



Se você pensa em dirigir por lá, é imprescindível ter em mão um bom GPS, além de já ter olhado os mapas para se familiarizar e não ficar perdido na hora H. Eu costumo levar do Brasil meu GPS com os mapas da Flórida atualizados, mas você pode alugar junto com o carro ou comprar em algum Walmart.

Abaixo está o mapa do Centro de Orlando, a Disney é bem ao Sul, não aparece nessa foto. 
Para quem vai encarar uma viagem de Orlando até Miami é sempre bom dar uma olhada no mapa da Flórida, mas não tenham medo, pois a estrada é excelente e muito segura. O problema é que se você for pela monótona Turnpike você não verá quase nada de legal, já que ela é uma reta de mais de 200 km sem grandes atrativos. Eu gosto de passar pelo litoral em alguns trechos.



Reservando o carro:
Primeiramente, faça a reserva ainda no Brasil para evitar qualquer imprevisto. Eu costumo reservar pelo site da Happy Tours USA, já utilizei mais de 5 vezes e nunca tive problemas. O valor deles compensa, sempre tem os melhores preços, já com seguros obrigatórios e motorista adicional inclusos. Existe a opção de GPS e outros acessórios com cadeirinhas de bebê (item obrigatório para que vai com bebês), mas sempre tem uma taxa a mais.



Nesse site é possível escolher o idioma português e a central de atendimento também tem pessoas que falam português. Lá dá para escolher entre algumas das tradicionais locadoras de carro dos EUA como, por exemplo, Hertz, Álamo, National, Avis, Budget, entre outras. A Álamo costuma ter os melhores preços, mas dê uma conferida em todas.


O legal é que no momento da reserva não é preciso informar número do cartão de crédito, basta informar seu nome, e-mail, categoria do carro e datas corretas para pegar e devolver o carro. 
Se precisar cancelar ou alterar alguma informação, não é cobrado nada.
Também é possível pegar o carro em Orlando e devolver em Miami sem pagar taxas adicionais, mas sempre confira no momento da reserva.

A reserva estará confirmada assim que você receber o e-mail de confirmação, imprima o voucher e apresente-o no momento da locação.


Rental Car Center:
Localizado no próprio Aeroporto Internacional de Orlando, esse é o nome do local que concentra as principais locadoras de carro de Orlando (Hertz, Álamo, National, Avis, Budget, entre outras). 

Hoje em dia, tudo o que você precisa ao desembarcar, após pegar as malas, é pegar o elevador e atravessar a rua e pronto, você estará no Rental Car Center, prontinho para entrar na fila e alugar o carro.


Interior do Rental Car Center
Antigamente era necessário pegar um ônibus da própria locadora no aeroporto e ir até o local específico de cada uma. 

Retirando o carro:
Ao entrar no Hall do Car Center, encontre a locadora a qual você efetuou a reserva e dirija-se até o balcão de atendimento. 

Nesse momento será necessário apresentar sua reserva, basta mostrar sua habilitação válida, mas sempre é bom levar o papel impresso para conferir os valores, pois eles sempre tentam embutir algum outro serviço além do que foi reservado. Confira antes de assinar!

Na reserva da Happy Tours, independente da locadora escolhida, já está incluso os seguros obrigatórios (contra roubos, colisão e responsabilidade sobre terceiros), quilometragem livre, taxas e impostos locais. Além disso, a reserva dá direito a um motorista adicional, que também deverá ter mais de 25 anos de idade (motoristas entre 21 e 24 anos pagam 25 dólares a mais por dia) e deverá apresentar a habilitação no momento da locação. 

Além da habilitação em dia, é necessário ter um cartão de crédito internacional (não esqueça de desbloquear) em seu nome. A locadora irá bloquear um valor para eventuais prejuízos. Esse valor é estornado na hora da devolução e demora uns 2 dias para liberarem o valor. A grande maioria dos cartões já oferece seguro para que paga a locação utilizando o cartão, por tanto, se ocorrer algum sinistro pague com o cartão na hora da retirada. Assim, você estará duplamente assegurado. rsrs

Os americanos costumam concluir as reservas nas máquinas para auto atendimento, mas eu prefiro ir direto até o atendente e já começar a desenrolar a língua. Quem está alugando pela primeira vez tem que passar, obrigatoriamente, pelo atendente.

Após assinar o contrato de locação siga as orientações até o estacionamento da locadora que você escolheu, vá até a categoria de carro locado, exemplo Standard SUV, e escolha o que mais te agradar. Na saída o atendente da cabine irá conferir o contrato de locação e sua habilitação. Depois disso ligue o GPS e seja feliz!
Foto: www.roteiroemorlando.com

GPS:
Se puder, leve o que você está acostumado a usar no Brasil, com os mapas atualizados da Flórida. Você pode alugar o carro com o GPS incluso, mas existe uma taxa extra. Compensa pegar o mapa de papel e dirigir até o Walmart e comprar um lá por 100 dólares.

Os mapas de lá funcionam melhor do que os do Brasil, são mais detalhados. O legal é que dá para digitar o ponto de interesse, tipo Magic Kingdom e seguir sem problemas. Só não consigo encontrar Mc Donalds no Igo. Se alguém puder me ajudar, eu agradeço! 
Foto: www.mercadolivre.com.br


Cadeirinha de carro para crianças:
Vale o que já disse sobre o GPS, é mais barato comprar uma e vender aqui, mas o problema é que não dá para sair dirigindo sem cadeirinha. Dessa forma, você pode fazer duas reservas. Um dia com cadeirinha, devolver o carro e alugar outro sem cadeirinha. Assim como o GPS, essa dica vale a pena para quem vai ficar muitos dias.

Pedágio:
Em Orlando, se você ficar na região da International Drive e não pegar rodovias, dificilmente você passará por pedágios, mas se você errar o caminho acabará pegando pedágios até para sair do aeroporto. Eu errei! rsrs

Os pedágios de lá funcionam da mesma maneira que no Brasil, na maioria dos casos existem guichês, mas alguns são para que está com dinheiro trocado e outros para quem precisa de troco ou recibo. Tem também a faixa para quem tem o Fast Pass.

A maioria dos carros já vem com o "E Pass", "Sun pass", "fast pass", um dispositivo que funciona igual o nosso "Sem Parar", isto é, você passa direto pelo pedágio e a cobrança virá posteriormente no seu cartão de crédito.

Sempre pergunte sobre o Toll Pass na hora de retirar o carro.

Se você não tem o E Pass, preste sempre atenção para a cabine que deverá se dirigir. Em Miami, alguns pedágios não possuem atendente e você deverá ter o dinheiro trocado e jogar a moeda numa especie de funil.


Devolução:
Programe o GPS para o Aeroporto e siga as placas de Car Return, não tem como se perder. Para facilitar o transporte das mala, eu costumo deixar primeiro alguém com todas as malas já na frente do Check-in e depois devolver o carro. Faço isso para evitar arrastar as malas pelo estacionamento e elevador.

Após desembarcar alguém com as malas dou a volta para devolver o carro, coisa muito rápida. Por causa dos 6% de IOF não pago mais no cartão, prefiro usar esse dinheiro para comprar lembrancinhas. Eles são muito organizados, um carro vai parando atrás do outro e o estacionamento enche rapidinho. Vocês tem que ver!

Para pagar em dinheiro, basta dizer à pessoas que confere o carro (basicamente só confere se o tanque de combustível está cheio) que você pagará em dinheiro. Ele imprimira um recibo para você ir até o caixa pagar. Quem paga com cartão só pega o recibo e vai embora. Atravessa a rua, sobe de elevador e já está no Check in. Muito prático!


Dica para os amantes de carros:
Quem gosta de carros, assim como eu, dirigir nos Estados Unidos é uma oportunidade de conhecer carros diferentes, os quais dificilmente dirigiríamos por aqui. 

Para aproveitar ao máximo essa experiência, recomendo alugar um carro esportivo (tipo mustang e camaro que são baratos) nos primeiros dias, depois devolver e alugar um utilitário para levar as malas para o aeroporto.



Drive safe and have fun!










Nenhum comentário:

Postar um comentário